Archive for the ‘tecnologia’ Category

h1

Japão desenvolvendo usina elétrica espacial

quinta-feira, setembro 3, 2009

É isso aí mesmo, galere. Os doidões do oriente já iniciaram o desenvolvimento de uma usina para transmissão de energia elétrica espacial.

Em 1968 foi introduzido à nossa sociedade os primeiros conceitos sobre a energia solar. Mas apenas recentemente pesquisas foram feitas sobre o assunto. Vocês provavelmente já viram várias casinhas por aí com placas que captam energia solar e as convertem para energia elétrica, né? Pois então.
O Japão resolveu dar uma de joselito e investir 2 trilhões de yens (aproximadamente 21 bilhões de dólares) em uma usina ‘satélite’ que residirá no espaço sideral.
O projeto consiste em um gerador de 1 gigawatt, energia suficiente para 294.000 residências. As companhias Mistubishi Eletric Corp e IHI Corp. estão unidas nesse projeto, onde o conceito é captar energia solar e as transmitir já convertidas para energia elétrica via ondas, sem a utilização de cabos.
Eles esperam que o projeto esteja concluído em apenas 4 anos.

Fonte.

– Murilo

h1

Holograma tocável? Colinas!

sexta-feira, agosto 14, 2009

É mole?
Matéria que li e achei interessante seu funcionamento.
Segue:

SÃO PAULO – Cientistas japoneses criaram uma maneira das imagens holográficas serem sentidas na palma da mão.

Os pesquisadores da terra do Sol nascente uniram a tecnologia do Nintendo Wii a um sistema de ultrassom que imita a sensação de toque real para imagens que flutuam no ar.

O projeto foi apresentando na 36ª Siggraph, conferência internacional de computação gráfica e técnicas interativas, em Nova Orleans, Estados Unidos. Ele é liderado por Hiroyuki Shinoda, da Universidade de Tóquio.

Criar a sensação de gotas de chuva holográfica caindo na palma da mão começa com um display chamado “Holo”, que utiliza espelhos côncavos para projetar objetos que parecem flutuar a 30 cm da superfície. Já a sensação de toque em si vem do Airborne Ultrasound Tactile Display, que emite um ultrassom chamado pressão de radiação acústica. Quando o fluxo do ultrassom é interrompido, por exemplo, por uma mão abaixo da imagem, o display cria um campo de pressão sobre o objeto que causou a interferência.

Já a manipulação dos hologramas é feita graças ao Wiimote, da Nintendo. Com sua câmera infravermelha, ele localiza a posição exata da mão do usuário, em um sistema de mapeamento em 3D. Isso só é possível porque um marcador fica preso no dedo médio de quem quer brincar de empurrar as imagem para cima e para baixo.

A versão apresentada na Siggraph possui 324 transdutores de ultrassom, operando na freqüência de ressonância de 40kHz. O protótipo produz vibração de 1 kHz.

Fonte: INFO Online.

Resta saber para qual finalidade isso será usado.
Os japas sangue-no-zóio já utilizaram um wiimote, alguém tem alguma noção do que o próximo console da nintendo pode estar envolvido?

Enfim, uma música pra entrar no clima com uma letra totalmente adequada:

Fodeu!

Murilo